1. Engravidar
  2. Tentando engravidar
  3. Sinais da gravidez

Padrões de verificação de fatos do Flo

Todo o conteúdo do Flo Health segue os padrões editoriais fundamentais de rigor médico, credibilidade dos dados e informações atualizadas. Para entender como asseguramos a credibilidade das informações sobre saúde e estilo de vida, confira os nossos princípios de revisão de conteúdo.

Enjoo matinal durante a gravidez: ele é inevitável?

O enjoo matinal, ou seja, as náuseas e os vômitos que algumas gestantes vivenciam, é um sintoma comum da gravidez. Ele afeta cerca de 80% das mulheres grávidas, sendo frequentemente um dos primeiros sintomas da gestação. Esse incômodo pode ser administrado seguindo algumas dicas de autocuidado.

Apesar do nome, o enjoo "matinal" pode acontecer a qualquer hora do dia. Mas quando ele normalmente começa e quais são suas causas e tratamentos? Continue a ler, pois estas são algumas das perguntas que vamos responder hoje.

Por que as mulheres sentem náuseas

Os pesquisadores ainda não descobriram o porquê de as náuseas acontecerem. No entanto, sugere-se que uma possível causa seja a reação do corpo ao hormônio da gravidez, o hCG. Esse é o hormônio que o corpo começa a produzir depois que o óvulo fertilizado se implanta no revestimento uterino.

O enjoo matinal e as náuseas são inevitáveis durante a gravidez?

Como as náuseas afetam cerca de 80% das gestantes, elas parecem ser parte inevitável da gravidez. Entretanto, algumas mulheres não passam por isso. Se você faz parte dos 80%, algumas precauções e dicas de autocuidado podem ajudar a administrar e minimizar os sintomas.

Qual é a intensidade das náuseas?

Assim como a gravidez, as náuseas de cada mulher são diferentes, podendo variar de leves a extremas. Para algumas, os sintomas podem incluir náuseas leves e desconforto estomacal algumas vezes ao dia.

No entanto, cerca de 1% das mulheres enfrentam sintomas extremamente severos e são diagnosticadas com uma condição conhecida por hiperêmese gravídica. Quando isso acontece, as mulheres têm náuseas severas, vômitos frequentes, perda de peso e desequilíbrio eletrolítico.

Algumas vezes, esses casos apresentam necessidade de hospitalização.

Como tratar as náuseas

Com algumas dicas de autocuidado, remédios caseiros e tratamentos naturais, você pode reduzir significativamente as náuseas. Aqui estão alguns truques para se ter em mente:

  • Vitaminas: em alguns casos, tomar vitamina B6 durante a gravidez pode reduzir a intensidade das náuseas. Certifique-se de perguntar ao seu médico qual é a dosagem ideal.
  • Gengibre: o gengibre mostrou-se eficiente na redução das náuseas causadas pelo enjoo matinal. Consumir alimentos e bebidas com gengibre pode ser uma maneira natural de aliviar seus sintomas.
  • Faça refeições pequenas e frequentes: em vez de fazer duas ou três refeições pesadas, tente consumir pequenas porções várias vezes durante o dia. Isso ajuda a garantir que você não sobrecarregue seu sistema digestivo de uma só vez, tornando mais fácil manter os alimentos no estômago.
  • Mantenha-se hidratada: o vômito causado pelo enjoo matinal pode desidratá-la, agravando ainda mais os sintomas. Não deixe de tomar pequenos goles de água durante o dia para se manter hidratada.
  • Evite alimentos picantes e com muito açúcar: comidas muito picantes ou com muito açúcar podem perturbar o seu estômago e provocar náuseas. É uma boa ideia ficar longe delas, assim como de qualquer alimento cujo cheiro ou sabor faça com que você se sinta mal. Consuma pratos simples e de fácil digestão. Veja agora um guia nutricional para ajudá-la a decidir o que comer nos vários estágios da sua gravidez.
  • Acupressão: estudos provaram que a acupressão no pulso pode reduzir os sintomas das náuseas, sendo possível utilizá-la como um método alternativo.
  • Apoio emocional: a ansiedade e o estresse podem agravar o desconforto. Receber apoio de seus amigos e familiares pode ajudar a aliviar seu sofrimento e a gerenciar os sintomas.

Em que momento da gravidez as náuseas acabam?

Para a maioria das mulheres, as náuseas geralmente começam por volta da 5ª ou 6ª semana e diminuem por volta da 12ª ou 14ª. Porém, para um pequeno número de mulheres – cerca de 10% –, elas podem durar até a 20ª semana. Em um número de casos ainda menor, as náuseas podem persistir durante toda a gravidez. 

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27507366
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25654792
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12887118
http://americanpregnancy.org/pregnancy-health/morning-sickness-during-pregnancy/
https://en.wikipedia.org/wiki/Morning_sickness
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2907767/
http://news.cornell.edu/stories/2008/06/pregnant-women-get-morning-sickness-protect-fetus
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28629250
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11303547
https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/morning-sickness/symptoms-causes/syc-20375254
https://www.nhs.uk/news/pregnancy-and-child/drugs-ginger-and-acupuncture-best-for-morning-sickness/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17130022

Leia em seguida