Biblioteca de saúde
Biblioteca de saúde
Calculadoras
Calculadoras
Sobre
Sobre
    O Flo a Dois chegou! Descubra as vantagens do app e saiba como criar sua conta

    Como são os diferentes tipos de contrações?

    Atualizado em 03 de fevereiro de 2022 |
    Publicação 31 de maio de 2019
    Informação verificada
    Revisão médica por Dra. Anna Targonskaya, Ginecologista obstetra
    Padrões de verificação de fatos do Flo

    Todo o conteúdo da Flo Health segue os padrões editoriais fundamentais de rigor médico, credibilidade dos dados e informações atualizadas. Para entender como asseguramos a credibilidade das informações sobre saúde e estilo de vida, confira os nossos princípios de revisão de conteúdo.

    Tornar-se mãe pela primeira vez pode ser uma experiência emocionante. Caso esteja se sentindo um pouco nervosa, não se preocupe. Veja algumas informações importantes sobre os diferentes tipos de contrações e como elas fazem você se sentir.

    O que são contrações?

    As contrações acontecem quando os músculos uterinos ficam mais curtos e rígidos. Apesar de serem uma parte importante do processo de trabalho de parto, ter contrações não significa necessariamente que seu bebê esteja a caminho. Existem vários tipos de contrações.

    Entendendo os diferentes tipos

    Normalmente, as mães de primeira viagem se perguntam como será a sensação de uma contração. Os diferentes tipos de contrações podem causar várias sensações. A maneira como as contrações são sentidas também pode variar de pessoa para pessoa.

    Como o Flo pode ajudar você?

    Contrações de Braxton Hicks

    As contrações de Braxton Hicks geralmente começam no terceiro trimestre da gravidez. Elas são a maneira do seu corpo treinar o trabalho de parto. É mais provável que elas ocorram durante a tarde ou à noite, tornando-se mais regulares no fim da gravidez.

    Esse tipo de contração é indolor, de curta duração e ocorre de forma espaçada. Elas não causam dilatação cervical.

    Caso esteja se perguntando como são as contrações iniciais, estes são alguns sintomas comuns:

    • Você pode sentir um aperto na barriga.
    • Elas costumam ser irregulares e indolores.
    • É mais provável que você as sinta no seu abdômen.
    • Elas causam uma sensação de incômodo.

    Trabalho prodrômico

    O trabalho prodrômico antecede o trabalho de parto totalmente ativo. Ele começa e acaba na mesma hora todos os dias e apresenta intervalos regulares. O trabalho prodrômico é bastante confundido com o trabalho de parto real. Muitas mães acabam indo para o hospital porque acham que estão prontas para dar à luz.

    Muita gente confunde o trabalho prodrômico com as contrações de Braxton-Hicks, mas existem grandes diferenças entre eles:

    • O trabalho prodrômico ajuda a preparar o corpo para o trabalho de parto ativo.
    • O trabalho prodrômico pode ser doloroso para muitas mulheres.
    • O trabalho prodrômico segue um padrão regular, mantendo a mesma frequência e intensidade.
    • O trabalho prodrômico pode dilatar o colo do útero.

    Contrações de parto

    As contrações de parto são as mais intensas que você vai sentir durante a gravidez. Elas dilatam o colo do útero em até dez centímetros e indicam que o momento de dar à luz está se aproximando.

    Veja como são as contrações de parto:

    • Você as sentirá na região lombar antes de se deslocarem para o seu tronco. Você também pode senti-las no seu baixo-ventre.
    • Você sentirá dores nas pernas e cãibras.
    • Algumas mulheres descrevem as contrações como fortes cólicas menstruais.
    • As contrações podem ser acompanhadas de tontura e náusea.
    • Você também pode ter calafrios, vômitos, gases, desarranjo intestinal e ondas de calor.

    As contrações de parto duram entre 45 a 60 segundos, com um intervalo de três a cinco minutos entre elas. Quando o colo do útero se dilata de sete a dez centímetros, as contrações duram entre 60 e 90 segundos. Mas tenha em mente que a experiência é diferente para cada mulher.