1. Seu ciclo
  2. Saúde
  3. Sintomas e doenças

Padrões de verificação de fatos do Flo

Todo o conteúdo do Flo Health segue os padrões editoriais fundamentais de rigor médico, credibilidade dos dados e informações atualizadas. Para entender como asseguramos a credibilidade das informações sobre saúde e estilo de vida, confira os nossos princípios de revisão de conteúdo.

O que é sangramento de escape e quando ele ocorre?

O termo "sangramento de escape" geralmente se refere a um sangramento vaginal leve fora do período menstrual. Ele pode ocorrer depois da relação sexual, logo antes da menstruação ou até uma semana antes dela. Mas como fazer a distinção entre o sangramento de escape marrom antes da menstruação e o próprio sangramento menstrual? Quais são as causas mais comuns para o sangramento de escape? Vamos entrar em detalhes.

Se você for como a maioria das mulheres, mal pode esperar o fim da sua menstruação para abandonar os absorventes por mais um mês, voltar a usar roupas íntimas normais e retomar a rotina habitual. Mas você já passou pela seguinte situação? Justamente quando pensa que ficou livre, você encontra algumas manchas de sangue na sua calcinha preferida.

O sangramento de escape (pequeno sangramento vaginal entre as menstruações) é um sintoma comum para muitas mulheres e geralmente não é motivo de preocupações, mas não custa nada saber por que ele acontece e quando você deve procurar ajuda. Na maioria dos casos, ele é inofensivo e não requer intervenção médica, mas alguns vão precisar de investigação especializada e possível tratamento.

Junte-se ao Flo e conheça as razões mais comuns para o sangramento de escape entre seus períodos menstruais.

Há algo parecido com sangramento de escape no seu corrimento vaginal, mas conforme as previsões, hoje será o primeiro dia da sua menstruação. Tem certeza de que o sangramento é de escape e não menstrual?

O período menstrual é um processo de sangramento natural. Seu revestimento uterino está sendo eliminado, então pode ser difícil fazer a distinção entre o sangramento de escape antes da menstruação e o próprio fluxo menstrual. 

Seu sangue menstrual pode ter um tom que vai do vermelho ao marrom escuro. Pode parecer quase preto no final da menstruação. Se o sangramento for intenso e de cor escarlate (ou seja, vermelho vivo com um toque alaranjado), você deve consultar seu médico.

Existem várias diferenças entre o sangramento menstrual e o de escape. O de escape é um sangramento leve e seu fluxo não é tão intenso e prolongado quanto ao da menstruação, durando apenas um ou dois dias. Ele não deve ser acompanhado por cólicas intensas ou coágulos. Sua cor é marrom claro ou rosa.

Os sinais do sangramento de escape podem aparecer a qualquer momento, mas sua menstruação tem um ciclo próprio. Ele pode ocorrer no meio do ciclo, já que está ligado principalmente à ovulação, mas às vezes é um sinal de outras alterações no seu corpo. Mesmo depois da menstruação, é normal ter sangramento de escape.

Embora seja muito comum, o sangramento de escape ainda pode ser motivo de preocupação para muitas mulheres. Você pode se assustar quando vir essas manchas na sua calcinha pela primeira vez, principalmente se estiver acostumada com períodos menstruais regulares.

Mas antes de começar a se preocupar, lembre-se de que a maioria dos casos de sangramento de escape é completamente benigna e não requer investigações ou tratamento adicional. Se o seu caso necessitar de ajuda médica, procure orientações de especialistas o mais rápido possível para ter acesso às melhores opções de tratamento.

Sangramento de escape uma semana antes da menstruação: há motivo para preocupação?

Falta uma semana para você ficar menstruada e acabou de notar um sangramento de escape. Antes de qualquer coisa: não entre em pânico! É improvável que o seu sangramento de escape seja algo sério, então tente ficar calma e colocar as coisas em perspectiva.

Para começar, reveja nossa lista de causas mais comuns para o sangramento de escape para ter melhor noção das razões mais prováveis. Em seguida, marque uma consulta. O quanto antes você falar com o seu médico, mais cedo poderá se tranquilizar e pensar nas suas opções.

Se ainda está preocupada com o seu sangramento de escape, dê uma olhada nesta lista rápida dos sintomas a serem observados:

  • dor no baixo-ventre;
  • febre;
  • aumento da frequência ou piora dos sintomas;
  • sangramento de escape ou qualquer outro sangramento vaginal após a menopausa.

Se você apresentar algum dos sintomas acima, procure aconselhamento profissional o mais rápido possível.`

Sangramento de escape marrom antes da menstruação: o que isso indica?

Agora você já sabe que o sangramento de escape é um sangramento vaginal leve que ocorre entre os períodos menstruais. Você também sabe que ele pode aparecer de forma diferente para cada mulher, ou mesmo para a mesma mulher em momentos diferentes. A cor do sangue pode variar muito: o sangue fresco é vermelho vivo, mas o mais antigo pode ser marrom ou até preto.

Qualquer que seja a cor, verifique as orientações do Flo sobre as causas mais comuns do sangramento de escape entre os períodos menstruais. Você terá uma boa noção dos possíveis diagnósticos e da urgência com que deve procurar orientação médica.

Possíveis causas do sangramento de escape antes da menstruação

O sangramento de escape tem várias causas, sendo as mais comuns:

  • Método de contracepção hormonal. Se estiver usando um contraceptivo hormonal (seja pílula, adesivo, injeção ou outro), você pode ter algum sangramento de escape durante os primeiros três meses de uso. Os profissionais de saúde o chamam de "sangramento de ruptura", podendo estar ligado a mudanças no revestimento uterino provocadas pelos hormônios do contraceptivo utilizado. Métodos de barreira como preservativos e afins não estão associados ao sangramento de escape.
  • Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) como a clamídia. As DSTs estão em alta em muitas partes do mundo e muitas se espalham rapidamente, pois geralmente são assintomáticas. Além do sangramento de escape, as ISTs podem causar corrimento vaginal anormal, dor abdominal com febre e dor ao urinar ou fazer sexo. Se você tem alguma razão para acreditar que tem uma IST, é importante ser examinada imediatamente, para sua própria saúde e a do seu parceiro.
  • Miomas ou pólipos uterinos. São tumores benignos (não cancerosos) que crescem no revestimento ou músculo uterino. Os pólipos estão associados a menstruações intensas, períodos menstruais irregulares que variam em intensidade do fluxo e momento da descida, além de dificuldade para engravidar. Os miomas estão associados a dor, prisão de ventre e dificuldade para urinar.
  • Síndrome do ovário policístico (SOP). Os ovários das mulheres com essa condição não liberam os óvulos de maneira normal, pois estão cercados por sacos cheios de líquido (cistos). A SOP aumenta o nível de hormônios masculinos (andrógenos) no seu corpo, causando sangramento de escape. A SOP pode aumentar as chances de certas condições como hipertensão arterial e diabetes.
  • Câncer do sistema reprodutor. Inclui o câncer uterino, entre outros. Embora possam surgir em mulheres mais jovens, esses tipos de câncer são muito mais comuns nas que já passaram pela menopausa. Caso tenha mais de 40 anos e note sangramentos de escape entre os períodos menstruais, é melhor procurar seu médico para que ele possa averiguar melhor.
  • Perimenopausa. À medida que você se aproxima da menopausa, os níveis hormonais do seu corpo sofrem uma mudança e, em resposta, o revestimento uterino fica mais espesso. Isso pode dificultar a previsão de quando sua menstruação virá. Também pode causar sangramento de escape e outros sintomas.

Tenha em mente que a maioria das mulheres com sangramento de escape não tem motivo para se preocupar ou para buscar ajuda médica. Para uma minoria, porém, o sangramento de escape é resultado de uma condição subjacente mais séria e que requer mais investigações.

Caso esteja preocupada com alguma das condições acima ou apreensiva com o sangramento de escape no geral, não deixe de marcar uma consulta com o seu profissional de saúde.

As hemorragias de ruptura (sangramento de escape entre as menstruações) são bastante comuns quando se toma pílulas anticoncepcionais.

A razão para que isso aconteça ao usar esse método de contracepção varia de mulher para mulher e também pode depender do tipo de pílula.

Se tiver começado a tomar a pílula recentemente, seu corpo pode demorar algum tempo para se ajustar a ela e, consequentemente, apresentar sangramentos entre as menstruações. Isso não manifesta nenhum tipo de perigo e deve cessar em alguns meses.

Esquecer de tomar uma ou duas pílulas também pode causar sangramento de escape. Isso é bastante normal e você não precisa se preocupar. Tenha em mente que tomar contraceptivos orais de forma irregular pode provocar uma gravidez não planejada.

Embora raro, algumas mulheres notam manchas de sangue ou um tom rosado no fluido cervical durante a ovulação. Geralmente, isso é considerado normal.

As alterações hormonais durante esse período são uma possível explicação para tal ocorrência. Antes da ovulação, o nível de estrogênio diminui, o que pode causar sangramento de escape. Use o Flo para monitorar todas as alterações no seu corrimento vaginal e para receber conselhos e dicas úteis.

Algumas mulheres podem ter um sangramento de escape durante ou um pequeno sangramento após a relação sexual, conhecida como sangramento pós-coito ou de contato.

As possíveis causas para o sangramento após o sexo são:

  • atrito e danos à mucosa vaginal e ao colo do útero durante o sexo, causados por ressecamento e falta de lubrificação;
  • inflamação vaginal e cervical;
  • doenças sexualmente transmissíveis;
  • endometriose;
  • uso de contraceptivos orais, etc.

Normalmente, esse tipo de sangramento não é recorrente, não representa ameaça para a saúde e não é motivo para preocupação.

No entanto, se o sangramento após o sexo ocorrer regularmente e/ou for acompanhado de dor, você deve falar com seu ginecologista para descobrir a causa.

http://www.webmd.com/women/guide/the-411-on-your-period?page=2


http://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/birth-control/expert-answers/seasonale-side-effects/faq-20058109


http://www.parenting.com/article/how-cervical-mucus-helps-predict-your-most-fertile-days


http://www.justmommies.com/articles/ovulation-spotting.shtml


http://americanpregnancy.org/getting-pregnant/cervical-mucus/

Leia em seguida